Nutrição no Desporto em Crianças e Adolescentes | Porto

  • Área
    Terapia e reabilitação
  • Data
    20 e 21 de abril de 2020
  • Local
    Porto | Espaço Atmosfera M

Nutrição no Desporto em Crianças e Adolescentes | Porto

O Desporto proporciona um ambiente estimulante e positivo no que diz respeito ao crescimento e desenvolvimento saudáveis das crianças e adolescentes. Contudo, o jovem atleta apresenta necessidades exclusivas, do ponto de vista nutricional, que variam de acordo com o seu estado de maturação e que deverão ser conhecidas e atingidas, de modo a potenciar a saúde e o rendimento desportivo. Embora alguns dos princípios da nutrição desportiva identificados para adultos sejam semelhantes aos dos atletas jovens, existem algumas diferenças importantes, nomeadamente a nível fisiológico e morfológico, que condicionam as recomendações de ingestão energética, de macro e micronutrientes, assim como o balanço hídrico. São exemplos destas diferenças um maior custo energético da locomoção, assim como uma imaturidade dos complexos enzimáticos glicolíticos, favorecendo a utilização de gordura como substrato energético associado à prática desportiva nesta faixa etária. A especificidade das necessidades deste grupo-alvo é um desafio para os Nutricionistas, sendo o objetivo desta formação a capacitação para a intervenção prática com jovens atletas, assim como a disponibilização de ferramentas essenciais para uma adequada atividade no âmbito de um clube/centro desportivo.



INSCRIÇÕES ATÉ: 10/03/2020]

Associados APN: 200,00€
Não associados APN: 300,00€

Detalhes do Curso

Destinatários

Nutricionistas ou profissionais com licenciatura conducente à profissão de nutricionista e estudantes de licenciaturas conducente à profissão de nutricionista.

Inscrição

A inscrição inclui:
- 12 horas de formação; material didático; certificado; bloco e caneta
 
Documentos a disponibilizar no ato da inscrição online:
- Certificado de habilitações / cédula profissional (nutricionistas ou profissionais com licenciatura conducente à profissão de nutricionista) ou comprovativo de matrícula (estudantes de licenciaturas conducente à profissão de nutricionista).

Pagamento

Associado APN: 200,00€

Não associado APN: 300,00€


- A inscrição só é tornada válida após o pagamento do valor da inscrição definido.
- A fatura será enviada por correio, para a morada indicada na ficha de inscrição.
- Em caso de desistência, a devolução do valor da inscrição só é efetuada de acordo com a política de anulação.
- A realização da ação de formação fica dependente de um N.º mínimo de 8 inscrições.
- A APN reserva-se o direito de adiamento ou cancelamento da ação de formação, mediante informação prévia aos formandos.



Metodologia

Os temas serão introduzidos através de uma breve explanação teórica por parte do formador, assente prioritariamente nos métodos expositivo e demonstrativo. Complementarmente, os assuntos serão trabalhados pelos formandos, através da realização de casos práticos, sob a orientação e supervisão do formador, e que permitem uma experimentação prática simulada dos assuntos abordados sob o ponto de vista concetual. O desenvolvimento de atividades de natureza mais prática contribuirá para uma sistematização das aprendizagens desenvolvidas pelos formandos durante as sessões de formação.

Avaliação

No âmbito da avaliação, serão consideradas as seguintes dimensões de análise:

Avaliação de diagnóstico 
- sem ponderação para a classificação final do formando

A frequência com aproveitamento exige uma frequência efetiva da formação igual ou superior a 90% da carga horária total do curso.

Complementarmente é assegurado um modelo de avaliação do grau de satisfação das partes envolvidas no processo formativo, designadamente:
- Avaliação de satisfação dos formandos
- Avaliação da ação de formação pelo formador
- Avaliação do desempenho do formador pela coordenação pedagógica
- Avaliação da eficácia da formação – acompanhamento pós-formação

Recursos Físicos, Audiovisuais e Pedagógicos

A sala de formação está equipada com mesas e cadeiras adequadas à intervenção formativa e com os seguintes recursos audiovisuais:

- Computador portátil
- Projetor de vídeo
- Tela de projeção
Flipchart

Os espaços utilizados apresentam condições de dimensão, luminosidade, temperatura e ventilação, bem como, condições de higiene e segurança adequados.

Assiduidade

Frequência efetiva igual ou superior a 90% da carga horária do curso. O controlo da assiduidade dos formandos é efetuado através do preenchimento de um registo de presenças a distribuir pelo formador em cada sessão. Para efeitos de contabilização de presença, permitir-se-á uma tolerância de 15 minutos antes do início da cada sessão.

Equipa Pedagógica

O formador a afetar ao desenvolvimento do curso terá o seguinte perfil de competências:
- Habilitações académicas: habilitações de nível superior, com formação de base ou complementar (nomeadamente decorrente de formação profissional) enquadrada na AEF a intervir;
- Formação pedagógica: portador de Certificado de Competências Pedagógicas (CCP) ou Docente do ensino superior;
- Experiência pedagógica: experiência pedagógica anterior mínima de 3 anos;
- Experiência profissional: experiência profissional relevante na área (critério preferencial);
- Aptidões psicossociais: aptidões que contribuam para a construção de um bom ambiente de formação, como sejam o espírito de cooperação, a facilidade de comunicação e relacionamento, a flexibilidade, a tolerância e a capacidade de auto e hétero-crítica.

Metodologias de Acompanhamento

sistema de acompanhamento a prosseguir durante a ação de formação tem como objetivos verificar:
- A conformidade na execução e o cumprimento progressivo dos objetivos pedagógicos;
- As alterações provocadas no nível de conhecimento e aprendizagem dos formandos;
- O cumprimento da planificação e estrutura programática do curso;
- A adequação das metodologias pedagógicas às necessidades e expetativas dos formandos;
- A adequação dos equipamentos e recursos pedagógicos às condições de execução da formação;
- O cumprimento do cronograma estabelecido e a assiduidade dos formandos;
- A adesão, reações e nível de satisfação das expectativas iniciais dos formandos em relação à atividade formativa.

Objetivos do Curso

Objetivos Gerais:

- Compreender as necessidades nutricionais da criança e adolescente desportista;
- Disponibilizar ferramentas de aprendizagem para a intervenção profissional com jovens atletas no âmbito da prática de uma modalidade desportiva.


Objetivos Específicos:

No final do curso, o formando será capaz de:

- Identificar os métodos de diagnóstico do estado nutricional do jovem atleta;
- Conhecer os valores de referência da composição corporal da criança e adolescente praticantes de desporto e sua interpretação no contexto prático;
- Dominar as recomendações do ponto de vista das necessidades energéticas, de macro e micronutrientes no jovem atleta;
- Conhecer os mecanismos de termorregulação e recomendações da ingestão hídrica no jovem atleta;
- Compreender as etapas de diagnóstico e intervenção nutricional em jovens atletas com RED-S;
- Conhecer a evidência científica no contexto da recomendação do consumo de suplementos nutricionais e ergogénicos no jovem atleta;
- Desenvolver estratégias de implementação de ações de educação alimentar com atletas, pais e treinadores;
- Dominar os critérios para a elaboração de ementas em fases de competição com e sem deslocações (p.ex: ementas para colocar em prática nas instalações do clube e fora, como restaurantes e hotéis);
- Conhecer e discutir exemplos de casos clínicos reais.

Programa

Dia

Sessão

Horas

Módulo | Temas

Formador

27

1

4h

 Sessão 1

Maria Roriz

27

2

4h

 Sessão 2

  Maria Roriz

28

3

4h

 Sessão 3

  Maria Roriz




Sessão 1 | 9h30-13h30

- Avaliação do Estado Nutricional na criança e adolescente: métodos de diagnóstico e guidelines de composição corporal no âmbito da prática de desporto 

- Cálculo de Necessidades Energéticas e recomendações de ingestão de macro e micronutrientes na criança e jovem atleta

 

Sessão 2  | 14h30-18h30

- Deficiência Relativa em Energia no Desporto (RED-S) – prevalência e intervenção nutricional na jovem atleta

- Suplementação e controlo anti-dopping no jovem atleta

- Educação Alimentar: estratégias de implementação de programas com atletas, pais e treinadores

- O papel do Nutricionista num clube/centro desportivo: da prática clínica à gestão do planeamento de ementas

                             

Sessão 3  | 9h30-13h30

- O papel do Nutricionista num clube/centro desportivo: da prática clínica à gestão do planeamento de ementas 

- Casos Clínicos 

- Avaliação

Formadores