Planeamento, Elaboração e Monitorização de Planos de Ementas para Idosos | Porto

  • Área
    Terapia e reabilitação
  • Data
    28 e 29 de fevereiro de 2020
  • Local
    Porto | Espaço Atmosfera M

Planeamento, Elaboração e Monitorização de Planos de Ementas para Idosos | Porto

Curso Planeamento, Elaboração e Monitorização de Planos de Ementas para Idosos


Numa altura em que as alterações demográficas nos colocam perante uma população cada vez mais idosa, a preocupação com a sua nutrição e alimentação é, sem dúvida, uma temática de relevo e extrema importância. Decorrente do maior tempo de vida do ser humano e da sua necessidade de se fazer valer de serviços de alimentação externos para provir as suas refeições, o planeamento de ementas neste contexto reveste-se de uma série de desafios inerentes às características da população que pretendemos servir.


A alimentação representa um papel central no dia-a-dia das populações mais idosas e estas, por sua vez, assumem-se como detentoras de várias especificidades alimentares, sejam elas derivadas de quadros clínicos, preferências e/ou necessidades de ajustes vários. A gestão de serviços de alimentação específicos para a população idosa e respetivo planeamento de ementas evoca como objetivo último a promoção de uma oferta alimentar saudável e equilibrada, de acordo com as necessidades nutricionais e com as linhas orientadoras desta temática, sem esquecer contudo as características logísticas de cada serviço, bem como o respeito pelas tradições gastronómicas e por tudo aquilo que constituem as vivências dos mais velhos.

A discussão e trabalho nesta área é, sem dúvida, de enorme pertinência, bem como a partilha de experiências e um trabalho comum em Nutrição para poder fornecer aos idosos refeições tão equilibradas, suficientes, seguras e agradáveis quanto possível. A presente formação pretende, desta forma, dotar estudantes e profissionais de conhecimentos, competências e ferramentas úteis para um correto planeamento, elaboração e monitorização de planos de ementas para idosos.


[INSCRIÇÕES ATÉ: 23/02/2020]

Associados APN: 200,00€
Não associados APN: 300,00€

Detalhes do Curso

Destinatários

Nutricionistas ou profissionais com licenciatura conducente à profissão de nutricionista e estudantes de licenciaturas conducente à profissão de nutricionista.

Inscrição

A inscrição inclui:
- 12 horas de formação; material didático; certificado; bloco e caneta
 
Documentos a disponibilizar no ato da inscrição online:
- Certificado de habilitações / cédula profissional (nutricionistas ou profissionais com licenciatura conducente à profissão de nutricionista) ou comprovativo de matrícula (estudantes de licenciaturas conducente à profissão de nutricionista).

Pagamento

Associado APN: 200,00€

Não associado APN: 300,00€


- A inscrição só é tornada válida após o pagamento do valor da inscrição definido.
- A fatura será enviada por correio, para a morada indicada na ficha de inscrição.
- Em caso de desistência, a devolução do valor da inscrição só é efetuada de acordo com a política de anulação.
- A realização da ação de formação fica dependente de um N.º mínimo de 8 inscrições.
- A APN reserva-se o direito de adiamento ou cancelamento da ação de formação, mediante informação prévia aos formandos.




Metodologia

Os temas serão introduzidos através de uma breve explanação teórica por parte do formador, assente prioritariamente nos métodos expositivo e demonstrativo. Complementarmente, os assuntos serão trabalhados pelos formandos, através da realização de casos práticos, sob a orientação e supervisão do formador, e que permitem uma experimentação prática simulada dos assuntos abordados sob o ponto de vista concetual. O desenvolvimento de atividades de natureza mais prática contribuirá para uma sistematização das aprendizagens desenvolvidas pelos formandos durante as sessões de formação.

Avaliação

No âmbito da avaliação, serão consideradas as seguintes dimensões de análise:

Avaliação de diagnóstico 
- sem ponderação para a classificação final do formando

A frequência com aproveitamento exige uma frequência efetiva da formação igual ou superior a 90% da carga horária total do curso.

Complementarmente é assegurado um modelo de avaliação do grau de satisfação das partes envolvidas no processo formativo, designadamente:
- Avaliação de satisfação dos formandos
- Avaliação da ação de formação pelo formador
- Avaliação do desempenho do formador pela coordenação pedagógica
- Avaliação da eficácia da formação – acompanhamento pós-formação

Recursos Físicos, Audiovisuais e Pedagógicos

A sala de formação está equipada com mesas e cadeiras adequadas à intervenção formativa e com os seguintes recursos audiovisuais:

- Computador portátil
- Projetor de vídeo
- Tela de projeção
Flipchart

Os espaços utilizados apresentam condições de dimensão, luminosidade, temperatura e ventilação, bem como, condições de higiene e segurança adequados.

Assiduidade

Frequência efetiva igual ou superior a 90% da carga horária do curso. O controlo da assiduidade dos formandos é efetuado através do preenchimento de um registo de presenças a distribuir pelo formador em cada sessão. Para efeitos de contabilização de presença, permitir-se-á uma tolerância de 15 minutos antes do início da cada sessão.

Equipa Pedagógica

O formador a afetar ao desenvolvimento do curso terá o seguinte perfil de competências:
- Habilitações académicas: habilitações de nível superior, com formação de base ou complementar (nomeadamente decorrente de formação profissional) enquadrada na AEF a intervir;
- Formação pedagógica: portador de Certificado de Competências Pedagógicas (CCP) ou Docente do ensino superior;
- Experiência pedagógica: experiência pedagógica anterior mínima de 3 anos;
- Experiência profissional: experiência profissional relevante na área (critério preferencial);
- Aptidões psicossociais: aptidões que contribuam para a construção de um bom ambiente de formação, como sejam o espírito de cooperação, a facilidade de comunicação e relacionamento, a flexibilidade, a tolerância e a capacidade de auto e hétero-crítica.

Metodologias de Acompanhamento

sistema de acompanhamento a prosseguir durante a ação de formação tem como objetivos verificar:
- A conformidade na execução e o cumprimento progressivo dos objetivos pedagógicos;
- As alterações provocadas no nível de conhecimento e aprendizagem dos formandos;
- O cumprimento da planificação e estrutura programática do curso;
- A adequação das metodologias pedagógicas às necessidades e expetativas dos formandos;
- A adequação dos equipamentos e recursos pedagógicos às condições de execução da formação;
- O cumprimento do cronograma estabelecido e a assiduidade dos formandos;
- A adesão, reações e nível de satisfação das expectativas iniciais dos formandos em relação à atividade formativa.

Objetivos do Curso

Objetivos Gerais: 

São objetivos do curso dotar os formandos de conhecimentos teóricos e práticos afetos ao processo de planeamento, elaboração e monitorização de planos de ementas para idosos, com enfoque nas necessidades, desafios e características desta população


Objetivos específicos:

No final do curso,  os formandos deverão ser capazes de:          

- Conhecer o processo fisiológico do envelhecimento e as suas implicações na ingestão alimentar e estado nutricional do idoso

- Analisar quadros patológicos típicos do idoso e respetiva necessidade de adaptação da alimentação

- Conhecer e compreender os princípios e as linhas orientadoras para elaboração de um plano de ementas para idosos, consoante as características da população destinatária e do serviço de alimentação em questão

- Conhecer e compreender as etapas inerentes ao processo de avaliação, elaboração e monitorização de um plano de ementas para idosos

- Identificar as principais dificuldades na elaboração de planos de ementas para população idosa e possíveis oportunidades de melhoria

- Aplicar os conhecimentos e competências adquiridas em casos práticos de elaboração de ementas para a população em questão               

Programa

Dia

Sessão

Horas

Módulo | Temas

Formador

28

1

4h

  Alimentação no Idoso: Conceitos e necessidades

 Liliana Ferreira

28

2

4h

 Elaboração de planos de ementas para idosos: oportunidades e constrangimentos

  Liliana Ferreira

29

3

4h

  Ementas para Idosos: avaliação, monitorização e casos práticos

  Liliana Ferreira



Sessão 1 - Alimentação no Idoso: Conceitos e necessidades | 9h30-13h30

- Processo fisiológico de envelhecimento: conceitos base e atualizações

- Necessidades nutricionais e hídricas no idoso

- Quadros patológicos no idoso, vias e tipos de alimentação e respetiva influência no estado nutricional/ingestão alimentar

 

Sessão 2 - Elaboração de planos de ementas para idosos: oportunidades e constrangimento | 14h30-18h30

- Princípios e linhas orientadoras para a elaboração de um plano de ementas para a população idosa e respetivas etapas de planeamento

- Gestão de serviços de alimentação para idosos em vários contextos: desafios logísticos, físicos, humanos, financeiros e de oferta alimentar

- Ofertas alimentares específicas: dietas adaptadas a condições clínicas, especificidades alimentares várias, quadros de restrição alimentar, etc

                             

Sessão 3 - Ementas para Idosos: avaliação, monitorização e casos práticos | 9h30-13h30

- Avaliação e monitorização de planos de ementas para a população idosa: ferramentas e importância

- Casos práticos de planeamento e elaboração de ementas para idosos em diferentes contextos (estruturas residenciais para idosos, centros de dia, serviços de apoio domiciliário, inserção social, meio hospitalar, etc)